Japão e as 9 perguntas clássicas

Desde que voltamos do Japão, há 2 semanas, fomos bombardeados pelos amigos com mais ou menos as mesmas perguntas: é muito diferente? é muito moderno? é muito caro? etc. Vamos respondê-las neste primeiro post sobre nossos 18 dias no Japão.

Shinjuku: noitada alternativa em Tóquio

Shinjuku: noitada alternativa em Tóquio

Continuar lendo

Anúncios

Air BnB: experiência em Paris

Em Paris, já tive a sorte de ficar na casa de amiga e o azar de ficar em hotel caro sem café da manhã. Desta vez, tentamos uma terceira via, o aluguel de apartamento no Air BnB. Para quem não conhece, é um site onde as pessoas podem oferecer seus imóveis para locação por curtas, médias ou longas temporadas. Alguns alugam apenas um quarto, outros alugam o imóvel inteiro. O site foi lançado em 2008 por um grupo da Califórnia.

Nosso apartamento no Marais

Nosso apartamento no Marais

Continuar lendo

Restaurantes em Paris para vários gostos

IMG_3031

Chez Paul: é um típico francês, na região de Bastille, com cardápio bem tradicional (steak au poivre, confit canard, steak tartare, coelho, vitela etc.). Tem uma boa carta de vinhos (meio redundante), além do vinho da casa. A decoração é um capítulo à parte: veludo vermelho para todo lado e quadros de cortesãs francesas seminuas. Fomos bem atendidos e vimos muitos franceses jantando lá. Preço moderado (o prato principal varia de 17 a 62 euros).

Continuar lendo

Bonaire, o paraíso dos mergulhadores

Fomos a Bonaire com um único e simples objetivo: mergulhar, mergulhar e mergulhar. Bonaire tem 86 pontos de mergulho, na grande maioria acessível pela própria praia. O mergulhador se equipe na areia, deixando por último apenas a nadadeira que pode ser colocada já dentro d’água. Todos esses pontos são sinalizados com pedras à beira da estrada que margeia todo o litoral da ilha. É só estacionar, se equipar e entrar no mar. Esse tipo de mergulho, chamado shore dive, é extremamente prático quando comparado ao mergulho feito a partir do barco. Isso permite a realização de um número maior de mergulhos por dia (respeitando, claro, o tempo de segurança entre um e outro). Além disso, em Bonaire, é possível mergulhar apenas com sua dupla, sem instrutor.

Mergulho no naufrágio Hilma Hooker (30 metros)

Mergulho no naufrágio Hilma Hooker (30 metros)

Continuar lendo

Lua de mel pro em Aruba

Se você é um honeymooner, a primeira coisa que precisa saber é que o governo de Aruba tem um programa chamado One Cool Honeymoon, que oferece vantagens aos recém-casados. Não é preciso provar nada, é só avisar por e-mail ao hotel. Nem todos os hoteis participam, então confira a lista aqui.

Honeymooners

Honeymooners

Continuar lendo

As ilhas ABC: Aruba, Bonaire e Curaçao

Quando pensamos na nossa lua de mel, nossa única exigência era a chance de descansar bastante após não fazer nada. As ilhas ABC (Aruba-Bonaire-Curaçao) são um destino certo e ensolarado durante o ano inteiro, porque estão fora da rota de furacões do Caribe. Só quebramos a promessa de não fazer nada na última ilha, Bonaire, o paraíso freestyle dos mergulhadores.

Boca Catalina (Aruba)

Boca Catalina (Aruba)

Continuar lendo

Nova York

Eu resistia à ideia de voltar a uma cidade que eu já conhecia, enquanto havia tantas outras por aí para descobrir. Mas minha amiga Natália, a Poderosa Chefona, fez uma proposta que eu não pude recusar. Ela me convidou para uma viagem de 10 dias, em pleno outono, na melhor companhia possível e com hospedagem camarada no apartamento de um casal de amigos dela no Harlem. Eu não conhecia essa parte da cidade, que acabou se tornando uma surpresa feliz. Aqui vai nosso TOP 12 dessa viagem.

My partners in crime

Parceiras no crime

Continuar lendo