Bonaire, o paraíso dos mergulhadores

Fomos a Bonaire com um único e simples objetivo: mergulhar, mergulhar e mergulhar. Bonaire tem 86 pontos de mergulho, na grande maioria acessível pela própria praia. O mergulhador se equipe na areia, deixando por último apenas a nadadeira que pode ser colocada já dentro d’água. Todos esses pontos são sinalizados com pedras à beira da estrada que margeia todo o litoral da ilha. É só estacionar, se equipar e entrar no mar. Esse tipo de mergulho, chamado shore dive, é extremamente prático quando comparado ao mergulho feito a partir do barco. Isso permite a realização de um número maior de mergulhos por dia (respeitando, claro, o tempo de segurança entre um e outro). Além disso, em Bonaire, é possível mergulhar apenas com sua dupla, sem instrutor.

Mergulho no naufrágio Hilma Hooker (30 metros)

Mergulho no naufrágio Hilma Hooker (30 metros)

Continuar lendo

As ilhas ABC: Aruba, Bonaire e Curaçao

Quando pensamos na nossa lua de mel, nossa única exigência era a chance de descansar bastante após não fazer nada. As ilhas ABC (Aruba-Bonaire-Curaçao) são um destino certo e ensolarado durante o ano inteiro, porque estão fora da rota de furacões do Caribe. Só quebramos a promessa de não fazer nada na última ilha, Bonaire, o paraíso freestyle dos mergulhadores.

Boca Catalina (Aruba)

Boca Catalina (Aruba)

Continuar lendo