Japão e as 9 perguntas clássicas

Desde que voltamos do Japão, há 2 semanas, fomos bombardeados pelos amigos com mais ou menos as mesmas perguntas: é muito diferente? é muito moderno? é muito caro? etc. Vamos respondê-las neste primeiro post sobre nossos 18 dias no Japão.

Shinjuku: noitada alternativa em Tóquio

Shinjuku: noitada alternativa em Tóquio

Continuar lendo

Bonaire, o paraíso dos mergulhadores

Fomos a Bonaire com um único e simples objetivo: mergulhar, mergulhar e mergulhar. Bonaire tem 86 pontos de mergulho, na grande maioria acessível pela própria praia. O mergulhador se equipe na areia, deixando por último apenas a nadadeira que pode ser colocada já dentro d’água. Todos esses pontos são sinalizados com pedras à beira da estrada que margeia todo o litoral da ilha. É só estacionar, se equipar e entrar no mar. Esse tipo de mergulho, chamado shore dive, é extremamente prático quando comparado ao mergulho feito a partir do barco. Isso permite a realização de um número maior de mergulhos por dia (respeitando, claro, o tempo de segurança entre um e outro). Além disso, em Bonaire, é possível mergulhar apenas com sua dupla, sem instrutor.

Mergulho no naufrágio Hilma Hooker (30 metros)

Mergulho no naufrágio Hilma Hooker (30 metros)

Continuar lendo

Lua de mel pro em Aruba

Se você é um honeymooner, a primeira coisa que precisa saber é que o governo de Aruba tem um programa chamado One Cool Honeymoon, que oferece vantagens aos recém-casados. Não é preciso provar nada, é só avisar por e-mail ao hotel. Nem todos os hoteis participam, então confira a lista aqui.

Honeymooners

Honeymooners

Continuar lendo

As ilhas ABC: Aruba, Bonaire e Curaçao

Quando pensamos na nossa lua de mel, nossa única exigência era a chance de descansar bastante após não fazer nada. As ilhas ABC (Aruba-Bonaire-Curaçao) são um destino certo e ensolarado durante o ano inteiro, porque estão fora da rota de furacões do Caribe. Só quebramos a promessa de não fazer nada na última ilha, Bonaire, o paraíso freestyle dos mergulhadores.

Boca Catalina (Aruba)

Boca Catalina (Aruba)

Continuar lendo

Buenos Aires, one-night-stand

Há algum tempo, nós já estávamos curiosos para conhecer Mendoza, um pólo vinícola aos pés da Cordilheira dos Andes, na Argentina. O sinal divino chegou por meio das milhas da Gol: conseguimos um voo para Buenos Aires no feriadão de novembro. Desta vez, passamos apenas uma noite em Buenos Aires. Se o seu caso de amor também é apenas uma one-night-stand, nós recomendamos um hotel relativamente próximo ao Aeroparque, de onde saem os voos nacionais, mas ainda assim dentro da cidade. Sem trânsito, a distância é de 15 minutos de táxi entre o hotel e o aeroporto.

Feir’s Park Hotel (Calle Esmeralda, 1366): o hotel faz a linha business com elegância, mas fica numa região super charmosa da cidade, com belos prédios e hoteis por perto. O café-da-manhã é bem farto, cheio de media lunas, geleias e dulce de leche. US$ 79/diária de casal com café-da-manhã.

Florería Atlántico: de floricultura fofa a bar cool

A 3 minutos a pé do hotel, apenas virando a esquina, você encontra um bar/restaurante que está hype no momento. Na parte de cima, funciona uma floricultura. Descendo por uma escadinha, funciona um bar/restaurante no subsolo.

Florería Atlántico (Calle Arroyo, 872): o lugar lota e só aceita reserva até 21h. Se estiver animado para conhecer, é melhor ligar ou escrever um e-mail antes.

floreria abajo

‘Qué buena ocasión para un brindis!’